Tag Archive | vitaminas

Semana do dia das Mães: Manhê, a senhora já fez seu Checkup??

mãe 1É semana do dia das mães, e é você que vai cuidar dela desta vez!

Aqui no Endocrinologia em dia, esta semana será dedicada a elas: as mães. Mas, em vez de ganharem apenas elogios (que claro, elas merecem, e muito), vamos fazer diferente… em vez delas cuidarem de nós, vamos inverter. Em cada dia da semana, será uma dica diferente de como elas podem se cuidar melhor! Confira o post sobre a importância de se fazer o checkup.

Querida mãe, já estamos em maio, e precisamos checar se seus exames estão em dia. Não importa a idade da mamãe, os exames básicos precisam estar em dia, como por exemplo, os ginecológicos. Além disso, as taxas de açúcar, colesterol, tireoide, funcionamento dos rins e fígado devem ser checadas no mínimo anualmente.

Após os 40 anos, recomenda-se que a mulher realize a mamografia uma vez por ano. E antes dos 40 anos, a indicação da mamografia vai depender se a mulher tem fatores de risco como história de câncer de mama na família, exposição à radiação no tórax, e alterações ao exame físico das mamas. O exame do colo uterino com a coleta de material para o Papanicolaou também é fundamental para a prevenção do câncer neste local.

Com relação aos ossos, o exame principal para o diagnóstico da osteoporose é a densitometria óssea, que é recomendada para todas as mulheres acima dos 65 anos e para as acima dos 60 anos que tenham fatores de risco – como história na família, história de fratura, tabagismo e história de abuso de consumo de álcool.

Quando ficamos atentos aos exames básicos de cada idade, conseguimos evitar e diagnósticar precocemente uma série de doenças.
#EndocrinologiaEmDia #Saúde #SemanaDasMães#AmorQueNãoSeExplica #AmoMinhaMãe#CuidoDaMinhaMãe

Metabolismo lento??

metabolismo lentoSemana Metabólica do Endocrinologia em dia

Esta semana aqui do endocrinologia em dia vai ser dedicada ao metabolismo: existe jeito de acelerar? O que o futuro nos reserva? Dormir mais ou menos para emagrecer? Tudo isso e muito mais na semana metabólica do Endocrinologia em dia.

Estresse e comidas com alto teor de gordura podem lentificar seu metabolismo: a gente já desconfiava…

Loucos por novidades, encontramos um estudo científico de 2014, que combina duas informações importantes sobre o metabolismo. Nele, as mulheres estudadas que apresentaram um evento de estresse no dia anterior ao se alimentarem com comidas de alto teor de gordura, no dia seguinte apresentaram lentificação no seu metabolismo. Como foi isso? As mulheres da pesquisa que responderam terem passado estresse queimaram 104 kcal a menos comparadas com as que não se estressaram, tento ingerido o alimentos com alto teor de gordura.

Sabemos que as pessoas com maiores níveis de estresse, tem maiores níveis de insulina, o que contribui para um maior estoque de gordura no organismo e menor queima calórica. O que foi sugerido nesta pesquisa é que existe uma ligação direta entre um evento de estresse e a queda do metabolismo, como se fosse uma defesa. 

Claro que mais estudos são necessários para confirmar definitivamente esta hipótese, mas o que nos chama a atenção cada vez mais é a necessidade do equilíbrio emocional para o equilíbrio do nosso organismo. Afinal, trabalhamos como um conjunto não é mesmo?

fonte: (biol psychiatry. 2015 apr 1;77(7):653-60. doi: 10.1016/j.biopsych.2014.05.018. epub 2014 jul 14. Daily stressors, past depression, and metabolic responses to high-fat meals: a novel path to obesity.)
#EndocrinologiaEmDia #Saúde#SemanaDoMetabolismo

A Versatilidade das VITAMINAS do complexo B

complexo BAs vitaminas do complexo B são frequentemente conhecidas apenas como estimuladoras de apetite. Isto acontece porque em muitos casos de anemia em crianças era, e ainda é muito comum, a depender do tipo de anemia, a prescrição de vitaminas do complexo B para o tratamento. 

Mas, a função das vitaminas do complexo B é muito mais ampla e elas são essenciais ao funcionamento correto do nosso corpo. São elas: B1 (Tiamina), B2 (Riboflavina) B3 (Niacina) B5 (Ácido Pantotênico), B6 (Piridoxina), B7 (Biotina), B9 (Ácido Fólico) e B12 (Cianocobalamina).

B1 e B2 estão associadas com o bom funcionamento de músculos, nervos e coração. B3 regula o sistema nervoso e o sistema digestório. B5 e B12 são importantes para o crescimento e desenvolvimento normais, B6 auxilia o sistema imune, B7 está envolvida na produção hormonal e B9 auxilia e mantém a boa formação do DNA. Apesar de em diversos locais, como sites de internet e mesmo algumas fontes médicas associarem o uso do complexo B com o aumento de apetite, quando procuramos estudos clínicos maiores, observamos que esta associação não é bem estabelecida. 

O que se sabe é que mesmo que o complexo B esteja associado ao aumento de apetite em algumas pessoas, o peso, vem de fato, da quantidade de calorias ingeridas. Então, mesmo que a pessoa esteja tomando o complexo B para corrigir algum distúrbio, se ela mantiver sua ingesta calórica normal não irá ganhar peso! 

#EndocrinologiaEmDia #Saúde #SemanaVitaminada#Vitaminas